Slide 1

A gente é referência
na pauta racial no Brasil

O Instituto Identidades do Brasil (ID_BR) é uma organização sem fins lucrativos, pioneira e referência no país na aceleração da igualdade racial.
A gente acelera a evolução de empresas, organizações, governos através da causa racial. E colabora na transformação de carreira e jornada de vida das pessoas negras e indígenas.
Para criar impacto e gerar resultados, desenvolvemos ações em formatos criativos e inovadores através das nossas áreas e pilares de Dados e Impacto, Empregabilidade, Educação e Engajamento.

Conectando o nosso propósito com os ODS

Nossas ações também são norteadas e mensuradas pelos maiores desafios do nosso tempo, mapeados pela ONU (Organização das Nações Unidas).

imageiconicon
imageiconicon
imageiconicon

Deixando os ODS com a cara do Brasil

imageiconicon
Visão
Ser uma instituição de pessoas excelentes e conectadas com propósito da inclusão, sendo a principal referência global nas empresas, governo e sociedade.
Missão
Acelerar o fortalecimento da cultura inclusiva nas empresas, governo e sociedade, potencializando talentos, acesso à informações e desenho de soluções com a integração de pessoas negras, indígenas e populações vulnerabilizadas em posições de tomada de decisão.
Valores
Proativismo, Foco na Solução, Respeito à Diversidade, Diálogo, Transparência, Perenidade e Efetividade.

Manifesto da Igualdade Racial

A gente não vai esperar!
Em 2023, nós realizamos um estudo para investigar quanto tempo seria necessário para talentos negros e de povos originários vivenciarem as mesmas perspectivas de ingresso, crescimento e desenvolvimento no mundo corporativo.

E o ID_BR descobriu que serão necessários mais 167 anos para a igualdade racial acontecer no mercado de trabalho. Se a pauta racial continuar caminhando a passos lentos, como no presente, só em 2190 as empresas e organizações poderão afirmar que são inclusivas.

Se nada for feito, as gerações vivendo em 2023 não vão ver isso acontecer. Nem a gente. Nem você ou a sua organização. Nem os nossos filhos e filhas. Nem os nossos pais e mães. Nem os nossos avós. Nem nossos amigos. Só daqui a três gerações.

E você, tem o privilégio de esperar mais de um século e meio pela igualdade?A gente não tem. Milhões de pessoas negras e indígenas não têm.É por isso que a gente firma parcerias, desenvolve projetos, cria soluções, investe em inovação, racionaliza e racializa tecnologias, tornando até a inteligência artificial como ferramenta de fomento e ampliação da causa racial.

Se o futuro dá para prever, também dá para modificar. E esse é o propósito do Manifesto doFuturo da Igualdade Racial existir: a gente não vai esperar 167 anos!

Esse é o pacto para que juntos nós possamos transformar jornadas potentes e mudar o futuro.